São Paulo, SP, Brazil
Mãe, filha, irmã, amiga, atriz. Escrevo meus pensamentos, minhas angustias, meus encantos e desencantos. Interpreto pessoas, formas, vida. Leio de pouco um tudo e decoro textos, rostos, amores. Viajo distante pra dentro e fora de mim. Meu senso de justiça não permite que eu seja boazinha, mas também não sou má. Acredito sempre que existe recuperação em seres realmente humanos. Apaixono e desapaixono com facilidade, mas amo incondicionalmente. Acredito em fantasias, fadas e tudo que possa fazer bem para a alma, mas elevo meus pensamentos, agradecimentos e desejos a Deus. Cristiane Rosa (A Puguinha)

Publicações

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

SE II

Se o seu olhar fosse com outros olhos
sua delicadeza com outra boca
seu toque com outras mãos
essa flor com o seu cheiro

se tudo que é seu pra mim
fosse pra mim enfim
quando ao despertar te olhar
quando te olhar, acariciar

Pudesse eu pegar
agarrar
gozar
Pudesse eu amar
cheirar
tocar
Pudesse eu ter
ver
crer

Cristiane Rosa